Livros de Milton Nascimento

...Mas se você quiser transformar O ribeirão em braço de mar Você vai ter que encontrar Aonde nasce a fonte do ser E perceber meu coração Bater mais forte só por você O mundo lá sempre a rodar, E em cima dele tudo vale Quem sabe isso quer dizer amor, Estrada de fazer o sonho acontecer

Sobre o Autor

Milton Nascimento

Milton Nascimento (nasceu dia 26 de outubro de 1942 - ) é um cantor e compositor brasileiro.

Melhores Livros de Milton Nascimento

Mais frases de Milton Nascimento

Por tanto amor, por tanta emoção a vida me fez assim doce ou atroz, manso ou feroz, eu caçador de mim...

Ponha fé na vida,ponha os pés no chão.

A pulsação do mundo é o coração da gente O coração do mundo é a pulsação da gente.

Amigo é coisa pra se guarda do lado esquerdo do peito! Meus amigos em CRISTO, Feliz dia do Amigo!

Sustenta palavra de homem Que eu mantenho a de mulher Eu bem queria fazer um travesseiro dos seus braços.....

Porque se chamavam homens Também se chamavam sonhos E sonhos não envelhecem...

Amigo é coisa pra se guardar,do lado esquerdo do peito...dentro do coração...assim falava a canção.

Pois não posso Não devo Não quero Viver como toda essa gente Insiste em viver E não posso aceitar sossegado Qualquer sacanagem ser coisa normal.

Mas é preciso ter manha. É preciso ter graça. É preciso ter sonho sempre. Quem traz na pele essa marca, possui a estranha mania, de ter fé na vida.

Mas é preciso ter manha É preciso ter graça É preciso ter sonho sempre Quem traz na pele essa marca Possui a estranha mania De ter fé na vida.... trecho de maria maria

A vida é coisa para se guardar dentro do coração,assim falava a canção que na América se ouviu.

Quem sabe isso quer dizer amor!!! cheguei a tempo de te ver acordar eu vim correndo a frente do sol abri a porta e antes de entrar revi a vida inteira pensei em tudo que é possível falar que sirva apenas para nós dois sinais de bem, desejos vitais pequenos fragmentos de luz falar da cor dos temporais de céu azul, das flores de abril pensar além do bem e do mal lembrar de coisas que ninguém viu o mundo lá sempre a rodar e em cima dele tudo vale quem sabe isso quer dizer amor estrada de fazer o sonho acontecer pensei no tempo e era tempo demais você olhou sorrindo pra mim me acenou um beijo de paz virou minha cabeça eu simplesmente não consigo parar lá fora o dia já clareou mas se você quiser transformar o ribeirão em braço de mar você vai ter que encontrar aonde nasce a fonte do ser e perceber meu coração bater mais forte só por você o mundo lá sempre a rodar, e em cima dele tudo vale quem sabe isso quer dizer amor, estrada de fazer o sonho acontecer

Encontros e Despedidas Mande notícias do mundo de lá Diz quem fica Me dê um abraço venha me apertar Tô chegando Coisa que gosto é poder partir sem ter planos Melhor ainda é poder voltar quando quero Todos os dias é um vai-e-vem A vida se repete na estação Tem gente que chega pra ficar Tem gente que vai pra nunca mais Tem gente que vem e quer voltar Tem gente que vai querer ficar Tem gente que veio só olhar Tem gente a sorrir e a chorar E assim chegar e partir São só dois lados da mesma viagem O trem que chega É o mesmo trem da partida A hora do encontro é também despedida A plataforma dessa estação É a vida desse meu lugar

Canção da América Amigo é coisa para se guardar Debaixo de sete chaves Dentro do coração Assim falava a canção que na América ouvi Mas quem cantava chorou Ao ver o seu amigo partir Mas quem ficou, no pensamento voou Com seu canto que o outro lembrou E quem voou, no pensamento ficou Com a lembrança que o outro cantou Amigo é coisa para se guardar No lado esquerdo do peito Mesmo que o tempo e a distância digam não Mesmo esquecendo a canção O que importa é ouvir A voz que vem do coração Pois seja o que vier, venha o que vier Qualquer dia, amigo, eu volto A te encontrar Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.

Há um menino Há um moleque Morando sempre no meu coração Toda vez que o adulto balança Ele vem pra me dar a mão Há um passado no meu presente Um sol bem quente lá no meu quintal Toda vez que a bruxa me assombra O menino me dá a mão E me fala de coisas bonitas Que eu acredito Que não deixarão de existir Amizade, palavra, respeito Caráter, bondade alegria e amor Pois não posso Não devo Não quero Viver como toda essa gente Insiste em viver E não posso aceitar sossegado Qualquer sacanagem ser coisa normal...

A lua girou, girou Traçou no céu um compasso A lua girou, girou Traçou no céu um compasso Eu bem queria fazer um travesseiro dos seus braços Eu bem queria fazer... Travesseiro dos meus braços Só não faz se quiser Um travesseiro dos meus braços Só não faz se não quiser... Sustenta palavra de homem Que eu mantenho a de mulher Sustenta a palavra de homem... Que eu mantenho a de mulher A lua girou, girou Traçou no céu um compasso A lua girou, girou Traçou no céu um compasso Eu bem queria fazer um travesseiro dos seus braços Eu bem queria fazer... ah é éeee éeee......

A lua girou, girou Traçou no céu um compasso A lua girou, girou Traçou no céu um compasso Eu bem queria fazer um travesseiro dos seus braços Eu bem queria fazer... Travesseiro dos meus braços Só não faz se quiser Um travesseiro dos meus braços Só não faz se não quiser... Sustenta palavra de homem Que eu mantenho a de mulher Sustenta a palavra de homem... Que eu mantenho a de mulher A lua girou, girou Traçou no céu um compasso A lua girou, girou Traçou no céu um compasso Eu bem queria fazer um travesseiro dos seus braços Eu bem queria fazer... laia laiê........

Travessia Quando você foi embora Fez-se noite em meu viver Forte eu sou mas não tem jeito, Hoje eu tenho que chorar Minha casa não é minha, E nem é meu este lugar Estou só e não resisto, Muito tenho prá falar Solto a voz nas estradas, Já não quero parar Meu caminho é de pedra, Como posso sonhar Sonho feito de brisa, Vento vem terminar Vou fechar o meu pranto, Vou querer me matar Vou seguindo pela vida Me esquecendo de você Eu não quero mais a morte, Tenho muito que viver Vou querer amar de novo E se não der não vou sofrer Já não sonho, hoje faço Com meu braço o meu viver

...Mas se você quiser transformar O ribeirão em braço de mar Você vai ter que encontrar Aonde nasce a fonte do ser E perceber meu coração Bater mais forte só por você O mundo lá sempre a rodar, E em cima dele tudo vale Quem sabe isso quer dizer amor, Estrada de fazer o sonho acontecer

...E eu não quero ir, não posso ir pra lado algum Enquanto não voltar Não quero que isso aqui dentro de mim Vá embora e tome outro lugar Talvez a vida mude e nossa estrada pode se cruzar Amor, meu grande amor, estou sentindo Que esta chegando a hora de dormir...