Livros de Lord Byron

Ainda que tivesse que ficar só, não trocaria a minha liberdade de pensar por um trono.

Sobre o Autor

Lord Byron

George Gordon Byron, 6th Baron Byron (23 de janeiro 1788 – 19 de abril de 1824), comumente conhecido como Lord Byron; foi um escrito/poeta inglês.

Melhores Livros de Lord Byron

Mais frases de Lord Byron

Na vida do homem, o amor é uma coisa a parte, na da mulher, é toda a vida.

Os espinhos que colhi, são da árvore que plantei

Toda a História humana atesta, que a felicidade para o Homem - o insaciável pecador! - desde que Eva comeu a maçã, depende em grande parte do jantar

Um sonho que não foi de todo um sonho.

Os espinhos que me feriram foram produzidos pelo arbusto que plantei.

Os espinhos q me feriram foram produzidos pelo arbusto q plantei...

A dor é dona da sabedoria e o saber amargo. Aqueles que mais sabem, mais profundamente sofrem com a verdade fatal.

Porque deveria eu pelos outros sofrer quando ninguém por mim irá suspirar?

Ainda que tivesse que ficar só, não trocaria a minha liberdade de pensar por um trono.

Desde os tempos da Guerra de Tróia, não houve ninguém mais disputado que eu.

não falo, não suspiro, não escrevo seu nome. Mas a lágrima que agora queima a minha face me força a fazê-lo

Orgulho! desce os olhos dos céus sobre ti mesmo, e vê como os nomes mais poderosos vão se refugiar numa canção.

Vivi, amei, bebi, tal como tu; morri.

Coma, beba e ame: o resto, de que nos serviria?

Na solidão é quando estamos menos só...

O melhor profeta do mundo é o passado.

Aqueles que se recusam a serem chamados à razão, são intolerantes; aqueles que não conseguem, são idiotas; e aqueles que não se atraem, são escravos.

Mas por que eu deveria chorar pelos outros, se ninguém ao menos suspira por mim?

Nada escrevi que prestasse até que comecei a amar.

Always laugh when you can. It is cheap medicine.

A morte, assim chamada, é algo que faz os homens lamentarem: e ainda assim um terço da vida é passado no sono

Na vida do homem , o amor é uma coisa a parte, na vida da mulher é toda vida

Há um prazer nas florestas desconhecidas; Um entusiasmo na costa solitária; Uma sociedade onde ninguém penetra; Pelo mar profundo e música em seu rugir; Amo não menos o homem, mas mais a natureza...