Livros de Homero

Sobre o Autor

Homero

Homero, séc. 9 a.C., poeta grego.

Melhores Livros de Homero

Ninguém , com toda certeza, é capaz de assumir a liderança em todos os campos, pois para um homem os deuses concederam as proezas da guerra, a outro, a dança, para um outro, a música e o canto, e, num outro, o todo poderoso Zeus colocou uma boa cabeça.

Embora ausente, Aquiles estava sempre presente.

carpe diem quam minimum credula postero APROVEITE O DIA DE HOJE E NADA ESPERE DO DIA SEGUINTE!

O tempo que uma pessoa passa rindo é o tempo que passa com os Deuses.

Os deuses fiaram a ruína dos homens, para que poemas fossem gerados à posteridade

Na juventude e na beleza a sabedoria é escassa

A marca da sabedoria é ler corretamente o presente e marchar de acordo com a ocasião.

Leve é a tarefa quando muitos dividem o trabalho.

Eu preferia estar sobre a terra calado e trabalhando para um homem de poucas posses a ser senhor de todos os mortos inertes.

Um amigo sensato é um bem precioso.

Para mau pagador, más garantias.

Pois a flecha não fere os covardes.

Apoiada, a coragem nasce até mesmo naqueles que são muito covardes.

Na verdade, poucos filhos são semelhantes ao pai; / a maioria é inferior, poucos são melhores que ele.

Peca igualmente quem apressa o hóspede que não quer partir / e quem o detém quando este já está partindo. / O hóspede deve ser bem tratado se fica, e não deve ser impedido de partir se assim o deseja.

À sua estultícia o homem chama destino.

Os homens são como as ondas, quando uma geração floresce, a outra declina.

Inconstante, como aura, é por natureza / o pensamento dos jovens.