Livros de Heráclito

Se não sabes escutar, não sabes falar.

Sobre o Autor

Heráclito

Heráclito foi um importante filósofo pré-socrático, que escreveu com extrema complexidade a respeito da ciência, a teologia e as relações humanas.

Melhores Livros de Heráclito

Mais frases de Heráclito

Nada é permanente, exceto a mudança.

Nada existe de permanente a não ser a mudança.

Se não sabe escutar, não sabe falar

Não seria melhor para os homens obterem tudo o que querem.

Não poderias entrar duas vezes no mesmo rio.

Nada é permanente, salvo a mudança.

O caminho para cima e o caminho para baixo são um único caminho.

Um saber múltiplo não ensina a sabedoria.

O carácter do homem é o seu demónio.

Um vale para mim por trinta mil, mas por nada os que não têm conta.

A inteligência não ensina a aprender muitas coisas.

A oposição produz a concórdia. Da discórdia surge a mais bela harmonia.

Dura é a luta contra o desejo, que compra o que quer à custa da alma.

O pensamento é uma qualidade própria da alma, que a si mesma se multiplica.

Muito estudo não ensina compreensão.

Hunde bellen diejeden an, die sie nicht kennen

Paremos de indagar o que o futuro nos reserva e recebamos como um presente o que quer que nos traga o dia de hoje.

Ninguém desce duas vezes o mesmo rio.

Nos mesmos rios entramos e não entramos, somos e não somos.

Para mim um único homem é dez mil, se ele for o melhor.

A guerra é mãe e rainha de todas as coisas; alguns transforma em deuses, outros, em homens; de alguns faz escravos, de outros, homens livres.

Um vale aos meus olhos dez mil, se é o melhor.

A sabedoria é a meta da alma humana; mas a pessoa, à medida que em seus conhecimentos avança, vê o horizonte do desconhecido cada vez mais longe.

Paremos de indagar o que o futuro nos reserva e recebamos como um presente o que quer que nos traga o dia de hoje.

Olhos são testemunhas melhores do que ouvidos.

Ocultar a ignorância é melhor do que trazê-la a público.

O homem que volta ao mesmo rio, nem o rio é o mesmo rio, nem o homem é o mesmo homem

É necessário a necessidade da realidade.

Ninguém entra em um mesmo rio uma segunda vez, pois quando isso acontece já não se é o mesmo, assim como as águas que já serão outras.

Se não sabes escutar, não sabes falar.

É bom que as coisas não lhe aconteçam como você quer, essa é a única possibilidade de você acordar. Se todos os seus desejos forem satisfeitos, você cairá completamente, porque não haverá nenhuma perturbação. Se tudo for satisfeito, você jamais tentará encontrar a verdade. Não haverá nenhum espaço para você porque somente a miséria, a infelicidade e o inferno que você criou à sua volta o ajudam a acordar.

Ninguém pode entrar duas vezes no mesmo rio, pois quando nele se entra novamente, não se encontra as mesmas águas, e o próprio ser já se modificou. Assim, tudo é regido pela dialética, a tensão e o revezamento dos opostos. Portanto, o real é sempre fruto da mudança, ou seja, do combate entre os contrários.