Livros de Federico Fellini

Se é verdade que a religião, por um lado, liberta o homem do medo, por outro lado gere-o fortemente.

Sobre o Autor

Federico Fellini

Federico Fellini (nasceu em Rimini no dia 20 de janeiro de 1920 e faleceu em Roma no dia 31 de outubro de 1993). Foi um cineasta italiano.

Melhores Livros de Federico Fellini

Mais frases de Federico Fellini

O cinema é o modo mais direto de entrar em competição com Deus.

O cinema é um modo divino de contar a vida.

Um escritor, um pintor, que conseguiram fixar numa página ou num quadro um sentimento das coisas do mundo, uma visão que durará para sempre, comunicam-me uma emoção profunda.

Cinema-verdade? Prefiro o cinema-mentira. A mentira é sempre mais interessante do que a verdade.

Para o cinema tudo se torna uma imensa natureza-morta, até os sentimentos dos outros são qualquer coisa de que se pode dispor.

Aceita-me tal como eu sou. Só então poderemos descobrir-nos um ao outro.

Creio que o medo é um sentimento saudável, indispensável, para se gozar a vida.

Sem problemas, que prazer haveria em trabalhar? Cada fase da feitura de um filme apresenta dificuldades, imprevistos; faz parte do nosso trabalho superá-los ou procurar conviver com eles.

Se é verdade que a religião, por um lado, liberta o homem do medo, por outro lado gere-o fortemente.

Não existe fim,não existe inicio,apenas a infinita paixão da vida