Sobre o Autor

Victor Hugo

Victor Hugo (26 de fevereiro de 1802 - 22 de maio de 1885) foi um escritor francês, autor de Les Miserábles (Os Miseráveis).

A vida é um campo de urtigas onde a única rosa é o amor.

Comer é uma necessidade do estômago; beber é uma necessidade da alma.

Fazes-me falta, estou ausente de mim própria.

Há pensamentos que são orações. Há momentos nos quais, seja qual for a posição do corpo, a alma está de joelhos.

A medida do amor é amar sem medida.

Até que ponto a recordação está próxima do remorso!

A música é o verbo do futuro.

Ser bom é fácil. O difícil é ser justo.

Sede como os pássaros que, ao pousarem um instante sobre ramos muito leves, sentem-nos ceder, mas cantam! Eles sabem que possuem asas.

Os infelizes são ingratos; isso faz parte da infelicidade deles.

Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã.

Do atrito de duas pedras chispam faíscas; das faíscas vem o fogo; do fogo brota a luz.