A questão não é o que fazem conosco, mas sim o que fazemos com o que fazem conosco.

Sobre o Autor

Sartre

Jean-Paul Sartre (21 de Junho de 1905 -15 de Abril de 1980) foi um filósofo existencialista francês do início do século XX.

Mais frases de Sartre

O inferno são os outros

Não importa o que faremos de nós. O que importa é o que faremos daquilo que fizeram de nós.

Estamos condenados a ser livres.

A felicidade não está em fazer o que a gente quer, mas sim em querer o que a gente faz.

O inferno são os outros Projetamos nos outros a nossa relização e aguardamos deles algo que amenize o vazio que nos habita.

O ser humano é uma paixão inútil.

A questão não é o que fazem conosco, mas sim o que fazemos com o que fazem conosco.

Quem sabe que o mundo nao seria melhor sem os homens..

O importante não é o que fizeram de nós, mas o que vamos fazer daquilo que fizeram de nós

Os dias mais recuados de sua infância, o dia em que dissera: Serei livre, o dia em que dissera: Serei grande, apareciam-lhe, ainda agora, com seu futuro particular, como um pequenino céu pessoal e bem redondo em cima deles, e esse futuro era ele, ele tal e qual era agora, cansado e amadurecido. Tinham direitos sobre ele e através de todo aquele tempo decorrido mantinham suas exigências, e ele tinha amiúde remorsos abafantes, porque o seu presente negligente e cético era o velho futuro dos dias passados. Era a ele que eles tinham esperado vinte anos, era dele, desse homem cansado, que uma criança dura exigira a realização de suas esperanças; dependia dele que os juramentos infantis permanecessem infantis para sempre, ou se tornassem os primeiros sinais de um destino. Seu passado sofria sem cessar os retoques do presente; cada dia vivido destruía um pouco mais os velhos sonhos de grandeza, e cada novo dia tinha um novo futuro; de espera em espera, de futuro em futuro, a vida dele deslizava docemente...em direção a quê?

Eu sei que nunca mais encontrarei nada nem ninguém que inspire uma paixão. Você sabe, não é tarefa fácil amar alguém. É preciso ter uma energia, uma generosidade, uma cegueira. Há até um momento, bem no início, em que é preciso saltar por cima de um precipício: se refletirmos, não o fazemos. Sei que nunca mais saltarei...

Eu sei que nunca mais encontrarei ninguém que inspire uma paixão. Você sabe, não é tarefa fácil amar alguém. É preciso ter uma energia, uma generosidade, uma cegueira. Há até um momento, bem no início, em que é preciso saltar por cima de um precipício: Se refletirmos, não o fazemos. Sei que nunca mais saltarei...