"Sem Titulo (1984) Eu minha lanterna e o peixe Felipe. Cheio de coisas para botar pra fora e não tenho quem ouça. - Quem tem um ouvido aí? O que eu despejo no papel do caderno? Caderno tem ouvido? Será que ele entende minha angústia? Será que as linhas frias do caderno me bastam? Ahhh! que besteira enorme é escrever, e no entanto se não o fizesse eu por certo morreria... Mas... Morreria de fato... mesmo. Escrever... escrever... escrever... Tudo já foi escrito; mas não importa."

Raul Seixas


Raul dos Santos Seixas (28 de junho de 1945, Salvador, Bahia - 21 de agosto de 1989, São Paulo) foi um músico brasileiro.

Comentários