"Culpo minha pobre e velha mãe e meu magro e triste pai, por me jogarem na vida e ousadamente me colocarem o nome de Raul. Eis-me! Culpo ao meu próprio escárnio de repetir tres vezes o mesmo erro, se é que qualquer um desses tres tenham a mesma lucidez dilacerante do que a dor do absurdo do ser. Nada é mais que um nada mergulhado no oceano de uma dor de chibata chamada Deus! Que este tenha o meu perdão. Só peço que um raio de amor venha do espaço, e blind as tres para que a escuridão da santa divina ignorãncia lhes vedem a visão do apocalipse, amem!"

Raul Seixas


Raul dos Santos Seixas (28 de junho de 1945, Salvador, Bahia - 21 de agosto de 1989, São Paulo) foi um músico brasileiro.

Comentários