Sobre o Autor

Plutarco

Plutarco (45 - 120), filósofo e prosador grego do período greco-romano, estudou na Academia de Atenas, aluno do neoplatónico Amônio Saccas.

Não´preciso de amigos que mudem quando eu mudo e concordem quando eu concordo.a minha sombra faz isso muito melhor.Meus amigos são todos assim...:metade bobeira...metade seriedade.!!!Não quero amigos adultos,nem chatos.Quero-os metade infância...e outra metade velhice

Chamas selvagens e ferozes outros carnívoros, os tigres, os leões e as serpentes, enquanto manchas no sangue as tuas mãos e em espécie alguma de barbárie lhes ficas inferior. E para eles, todavia, o assassínio é apenas o meio de se sustentarem; para ti, é uma lascívia supérflua. De facto, não são leões e lobos que nós matamos para comer como em defesa própria o poderíamos fazer - pelo contrário deixamo-los incólumes; e entretanto, aos inocentes, aos mansos, aos que não tem auxilio nem defesa, - a esses perseguimo-los e matamo-los, àqueles que a natureza parecia ter dado vida para sua beleza e graça...

Existem maridos tão injustos que exigem de suas mulheres uma fidelidade que eles estão sempre violando:são como aqueles generais de exército que, embora fujam covardemente do inimigo, ainda querem que seus soldados defendam valorosamente suas posições.

A mente não é uma vasilha para ser enchida, mas um fogo para ser acendido.

Ninguém deve resignar-se a permanecer onde está se pode elever-se.

O que mais impede de ter um bom amigo é o empenho em ter muitos. A amizade quer ser antiga.

Não preciso de amigos que mudem quando eu mudo e concordem quando eu concordo. A minha sombra faz isso muito melhor.

O ser humano não pode deixar de cometer erros; é com os erros, que os homens de bom senso aprendem a sabedoria para o futuro.

Sócrates dizia que não era ateniense nem grego, mas um cidadão do mundo.

A natureza recusa o vazio.

Preferia ser o primeiro nesta aldeia do que o segundo em Roma.

O maior e o mais velho amor, é o amor pela vida.

O adultério é a curiosidade do amor e dos prazeres ilícitos.

Catão dizia que a alma de um homem apaixonado vivia num corpo estranho.

A alma mais forte e mais bem constituída é aquela que os sucessos não orgulham e que não se abate com os revezes.

Os espertos aprendem mais com os erros dos outros.

A pintura deve ser uma poesia muda e a poesia uma pintura que fale.

Nunca um amante, por eloquente que seja, crê ter dito o bastante no interesse do seu amor.

A perseverança é mais eficaz do que a violência, e muitas coisas que, quando reunidas, são invencíveis, cedem a quem as enfrenta um pouco de cada vez.

Ter tempo é possuir o bem mais precioso para quem aspira a grandes coisas.

O ser humano pode ter muitos amigos, mas amigos autênticos são poucos.

O tempo é o mais sábio dos conselheiros.

O amor ensina-nos todas as virtudes.

As dores grandes duram pouco, aquelas que duram de fato não são grandes.

César declarou... que amava as traições, mas odiava os traidores.

Uma alegria tumultuosa anuncia uma felicidade medíocre e breve.

A avareza é um tirano bem cruel; manda ajuntar e proíbe o uso daquilo que se junta; visita o desejo e interdiz o gozo.

Com a luz apagada, todas as mulheres são iguais.

Nada é tão flexível como a língua da mulher, nada é tão pérfido como os seus remorsos, nada é mais terrível do que a sua maldade, nada é mais sensível do que as suas lágrimas.

Encontrar defeito é fácil, mas fazer melhor pode ser difícil.