Machado de Assis foi um escritor e poeta brasileiro. Foi o fundador da Academia Brasileira de Letras e é famoso por muitos de seus livros, como Memórias Póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro, Quincas Borba e O Alienista.

Machado de Assis foi um escritor e poeta brasileiro. Foi o fundador da Academia Brasileira de Letras e é famoso por muitos de seus livros, como Memórias Póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro, Quincas Borba e O Alienista.

Frases e Pensamentos

193 frases no total. Página 3/7, de 61-90

    "Bem diz o Eclesiastes: Algumas vezes tem o homem domínio sobre outro homem para desgraça sua. O melhor de tudo, acrescento eu, é possuir-se a gente a si mesmo."

        Machado de Assis

    "O vício é muitas vezes o estrume da virtude."

        Machado de Assis

    "Ama de igual amor o poluto e o impoluto;
    Começa e recomeça uma perpétua lida;
    E sorrindo obedece ao divino estatuto.
    Tu dirás que é a morte; eu direi que é a vida."

        Machado de Assis

    "Por que sinto falta de você? Por que esta saudade?
    Eu não te vejo mas imagino suas expressões, sua voz teu cheiro..."

        Machado de Assis

    "Os fatos explicarão melhor os sentimentos: os fatos são tudo."

        Machado de Assis

    "Felizes os cães!"

        Machado de Assis

    "O esperado nos mantém fortes, firmes e em pé. O inesperado nos torna frágeis e propõe recomeços."

        Machado de Assis

    "O capital existe, se forma e sobrevive a custa da sociedade que trabalha e nem sempre é recompensada pelos lucros que gera"

        Machado de Assis

    "Mulheres são como maçãs em árvores.
    As melhores estão no topo.
    Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão,
    que não são boas como as do topo,
    mas são fáceis de se conseguir.

    Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas,
    quando na verdade, eles estão errados...

    Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar,
    aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."

        Machado de Assis

    "QUINCAS BORBA
    CAPÍTULO XLV

    ENQUANTO uma chora, outra ri; é a lei do mundo, meu rico senhor; é a perfeição universal. Tudo chorando seria monótono, tudo rindo cansativo; mas uma boa distribuição de lágrimas e polcas, soluços e sarabandas, acaba por trazer à alma do mundo a variedade necessária, e faz-se o equilíbrio da vida..."

        Machado de Assis

    "Teoria do Humanitismo (Quincas Borba)

    Supõe tu um campo de batatas e duas tribos famintas. As batatas apenas chegam para alimentar uma das tribos, que assim adquire forças para transpor a montanha e ir à outra vertente, onde há batatas em abundância; mas, se as duas tribos dividirem em paz as batatas do campo, não chegam a nutrir-se suficientemente e morrem de inanição. A paz, nesse caso, é a destruição; a guerra é a conservação. Uma das tribos extermina a outra e recolhe os despojos. (...) aao vencido, ódio ou compaixão; ao vencedor, as batatas."

        Machado de Assis

    "O amor é uma carta, mais ou menos longa, escrita em papel velino, corte dourado, muito cheiroso e catita; carta de parabéns quando se lê, carta de pêsames quando se acabou de ler. Tu que chegaste ao fim, põe a epístola no fundo da gaveta, e não te lembres de ir ver se ela tem um post-scriptum..."

        Machado de Assis

    "CAROLINA (o preferido por José Mindlin)
    1906

    QUERIDA, ao pé do leito derradeiro
    Em que descansas dessa longa vida,
    Aqui venho e virei, pobre querida,
    Trazer-te o coração do companheiro.



    Pulsa-lhe aquele afeto verdadeiro
    Que, a despeito de toda a humana lida,
    Fez a nossa existência apetecida
    E num recanto pôs um mundo inteiro.



    Trago-te flores, - restos arrancados
    Da terra que nos viu passar unidos
    E ora mortos nos deixa e separados."

        Machado de Assis

    "A CAROLINA

    Querida, ao pé do leito derradeiro
    Em que descansas dessa longa vida,
    Aqui venho e virei, pobre querida,
    Trazer-te o coração do companheiro.

    Pulsa-lhe aquele afeto verdadeiro
    Que, a despeito de toda a humana lida,
    Fez a nossa existência apetecida
    E num recanto pôs um mundo inteiro.

    Trago-te flores, - restos arrancados
    Da terra que nos viu passar unidos
    E ora mortos nos deixa e separados.

    Que eu, se tenho nos olhos malferidos
    Pensamentos de vida formulados,
    São pensamentos idos e vividos."

        Machado de Assis

    "Prazos largos são fáceis de subescrever; a imaginação os faz infinitos."

        Machado de Assis

    "O mais feroz dos animais domésticos é o relógio de parede. Conheço um que já devorou três gerações da minha família."

        Machado de Assis

    "E melhor é naturalmente cedo do que artificialmente tarde"

        Machado de Assis

    "Os olhos continuaram a dizer coisas infinitas. As palavras de boca é que nem tentavam sair, e tornavam ao coração caladas como vinham..."

        Machado de Assis

    "[...]Não sei se me explico bem, nem é preciso dizer melhor para o fogo a que lançarei um dia estas folhas de solitário.


    [Memorial de Áires - 25 de janeiro]"

        Machado de Assis

    "Bons amigos"

        Machado de Assis

    "Memorial de Aires

    Basta amar para escolher bem;
    o diabo que fosse era sempre boa escolha."

        Machado de Assis

    "Imenso amor?
    Imenso amor, paixão, violenta
    acrescentando que talvez a definição já não coubesse bem ao atual sentimento da pessoa. Agora era uma adoração quieta e calada..."

        Machado de Assis

    "Em Minas, não se aborrecia tanto, por quê? Não achou solução ao enigma, uma vez que o ar tinha mais em que se distrair, e que o distraia deveras; Mas havia aqui horas de um tédio mortal."

        Machado de Assis

    "O Mestre deve ser meio sério,para dar autoridade à lição e meio risonho, para obter o perdão da correção."

        Machado de Assis

    "Sonharás uns amores de romance, quase impossíveis.
    Digo-lhe que faz mal, que é melhor contentar-se com a realidade; se ela não é brilhante como os sonhos, tem pelo menos a vantagem de existir."

        Machado de Assis

    "As melhores mulheres pertencem aos homens mais atrevidos"

        Machado de Assis

    "Cada estação da vida é uma edição,que corrige a anterior,e que será corrigida também,até a edição definitiva!"

        Machado de Assis

    "Felizes os cães, que pelo faro descobrem os amigos."

        Machado de Assis

    "Esquecer é uma necessidade."

        Machado de Assis

    "As nossas paixões não aceleram nem moderam o passo do tempo."

        Machado de Assis

Biografia


Joaquim Maria Machado de Assis (1839 - 1908), foi um escritor e poeta brasileiro, e também o pioneiro como cronista. Foi o fundador da Academia Brasileira de Letras e é famoso por muitos de seus livros, como Memórias Póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro, Quincas Borba e O Alienista.

Com 16 anos, Machado de Assis publicou seu primeiro trabalho literário, o poema "Ela", na revista Marmota Fluminense, e apenas um ano depois consegue seu primeiro emprego como aprendiz de tipógrafo na Imprensa Nacional. É lá que conhece quem se tornaria seu protetor, Manuel Antônio de Almeida, autor da obra Memórias de um Sargento de Milícias.

No ano de 1860, a convite de Quintino Bocaiúva, Machado de Assis passou a fazer parte da redação do jornal Diário do Rio de Janeiro, além de escrever para as revistas O Espelho, A Semana Ilustrada e Jornal das Famílias. Um ano depois, publicou seu primeiro livro, chamado "Queda que as mulheres têm para os tolos".

No dia 28 de janeiro de 1897, Machado de Assis e o escritor José Veríssimo fundaram a Academia Brasileira de Letras e Machado de Assis foi eleito presidente da instituição, cargo que ocupou até sua morte.

Machado de Assis escreveu mais de 50 obras, entre romances, coletâneas de poesidas, contos, mas ficará sempre imortalizado por obras como Quincas Borba, Memórias Póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro e O Alienista.

"As coisas muito claras me noturnam."

    Manoel de Barros

"Onde não puderes amar, não te demores..."

    Augusto Branco

"Eu não desisti...apenas não insisto mais."

    Cazuza

"Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho."

    Carlos Drummond de Andrade

"Soltar os demônios pode ser muito educativo em certas ocasiões."

    Deepak Chopra

"Todo o homem é culpado do bem que não fez."

    Voltaire

"O sexo é o alívio da tensão. O amor é a causa"

    Woody Allen

"Os mentirosos estão sempre prontos a jurar."

    Vittorio Alfieri

"Vento

Pastor das nuvens."

    Mario Quintana

"A maior felicidade é quando a pessoa sabe porque é que é infeliz."

    Fiódor Dostoiévski