Lao-Tsé foi um importante filósofo da China antiga. Conhecido como o autor do "Tao Te Ching", a obra basilar da filosofia taoísta.

Lao-Tsé foi um importante filósofo da China antiga. Conhecido como o autor do "Tao Te Ching", a obra basilar da filosofia taoísta.

Frases e Pensamentos

93 frases no total. Página 3/4, de 61-90

    "O sábio não entesoura. Quanto mais dá aos outros, tanto mais tem."

        Lao-Tsé

    "Conhecer os outros é sabedoria. Conhecer-se a si próprio é sabedoria superior."

        Lao-Tsé

    "O motivo pelo qual não é fácil para as pessoas viverem em paz / está no fato de saberem demais."

        Lao-Tsé

    "Não há culpa maior / do que entregar-se às vontades / não há mal maior / do que aquele de não saber contentar-se / não há dano maior / do que nutrir o desejo de conquista."

        Lao-Tsé

    "A natureza não é benévola, e é com determinada indiferença que de tudo se vale para os seus fins."

        Lao-Tsé

    "Para comandar os homens, marcha atrás deles."

        Lao-Tsé

    "Quando o líder efectivo dá o seu trabalho por terminado, as pessoas dizem que tudo aconteceu naturalmente."

        Lao-Tsé

    "O povo é rebelde porque os seus governantes são demasiado arrojados."

        Lao-Tsé

    "Quem fica na ponta dos pés, tem pouca firmeza."

        Lao-Tsé

    "Uma longa viagem de mil milhas inicia-se com o movimento de um pé."

        Lao-Tsé

    "O homem sábio / rejeita o excesso / rejeita a prodigalidade / rejeita a grandeza."

        Lao-Tsé

    "O homem realmente culto não se envergonha de fazer perguntas também aos menos instruídos."

        Lao-Tsé

    "Aquele que sabe quando tem bastante, não cairá no ridículo. E aquele quando deve parar, não correrá perigos."

        Lao-Tsé

    "Aquele que não tem confiança nos outros, não lhes pode ganhar a confiança."

        Lao-Tsé

    "Nada é impossível a quem pratica a contemplação. Com ela, tornamo-nos senhores do mundo."

        Lao-Tsé

    "Quando o governante é indulgente, o povo é virtuoso. Quando o governante é rigoroso, o povo prevarica."

        Lao-Tsé

    "O coração do homem pode estar deprimido ou excitado. Em qualquer dos dois casos o resultado será fatal."

        Lao-Tsé

    "Aquele que sabe não fala; aquele que fala não sabe."

        Lao-Tsé

    "Aquele que tudo julga fácil, encontrará muitas dificuldades."

        Lao-Tsé

    "A alma não tem segredo que o comportamento não revele."

        Lao-Tsé

    "A felicidade nasce da infelicidade; a infelicidade está escondida no seio da felicidade."

        Lao-Tsé

    "Aquele que se eleva nas pontas dos pés não está seguro."

        Lao-Tsé

    "Governa-se um grande Estado assim como se frita um pequeno peixe."

        Lao-Tsé

    "Com o bom sou bom, / mas mesmo com quem não é bom sou bom / pois boa é a virtude."

        Lao-Tsé

    "A libertação do desejo conduz à paz interior."

        Lao-Tsé

    "Quando a obra dos melhores chefes fica concluída, o povo diz: fomos nós que a fizemos."

        Lao-Tsé

    "O sábio não se exibe e vejam como é notado. Renuncia a si mesmo e jamais é esquecido."

        Lao-Tsé

    "Lança o saber e não terás tristeza."

        Lao-Tsé

    "Uma longa viagem começa com um único passo."

        Lao-Tsé

    "Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão."

        Lao-Tsé

Biografia


Lao tze, Laozi, Lao-tse ou Lao Tzu são todas pronúncias ocidentalizadas para o título do misterioso personagem da filosofia antiga chinesa. Isso significa que Lao-Tsé não é um nome, significa "grande senhor" ou "velho mestre". O nome real de Lao tze seria Li Er ou Lao Dan.

De acordo com a tradição, ele viveu no século 6 a.C. Porém, há os que afirmam que Lao viveu dois séculos depois, em uma época conhecida como Cem Escolas de Pensamento.

Alguns Shiji, que são registros dos historiadores, que foram feitos pela dinastia chinesa Han, cerca de 400 anos depois da época de Lao-Tsé, trazem um pequeno relato sobre o pensador. Segundo o Shiji, Lao nasceu em Chu (atual Luyi), na província de Henan.

Cercado por mistérios, algumas lendas contam que Lao nasceu depois de uma gestão de oito meses, já uma criança de cabelos brancos. Viria daí o seu título, que pode significar tanto “velho mestre” como “criança velha”.

Atribui-se a Lao-Tsé a autoria da obra criadora do taoísmo, o "Tao Te Ching", ou Livro do Caminho e da Virtude. Junto com a Bíblia, esse livro é um dos mais traduzidos no mundo.

Lao-Tsé tornou-se uma das principais figuras cultuadas no taoísmo, que é uma mistura entre religião e filosofia de vida. Ele seria o autor da obra que criou o taoísmo, o “Tao Te King”, ou “Livro do Caminho e da Virtude”.

Porém, alguns pesquisadores modernos declaram que Lao nunca existiu, sendo apenas uma criação dos fundadores da escola filosófica (daojia) e da tradição religiosa daojiao).

Lenda ou mito, os ensinamentos de Lao ultrapassaram as fronteiras da China e o taoísmo se espalhou pela Ásia, sendo assimiladas como uma tradição de vida. Além disso, nos anos 1900, uma tradução do “Tao” em latim foi parar na Inglaterra, o que resultou na disseminação das palavras de Lao-Tsé no Ocidente e foram incorporadas, inclusive, na linguagem política.

É possível ver, hoje em dia, vários livros que resgatam o pensamento de Lao, mostrando a relevância de suas palavras, mesmo para que os duvidam de sua existência.

"As coisas muito claras me noturnam."

    Manoel de Barros

"Onde não puderes amar, não te demores..."

    Augusto Branco

"Eu não desisti...apenas não insisto mais."

    Cazuza

"Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho."

    Carlos Drummond de Andrade

"Soltar os demônios pode ser muito educativo em certas ocasiões."

    Deepak Chopra

"Todo o homem é culpado do bem que não fez."

    Voltaire

"O sexo é o alívio da tensão. O amor é a causa"

    Woody Allen

"Os mentirosos estão sempre prontos a jurar."

    Vittorio Alfieri

"Vento

Pastor das nuvens."

    Mario Quintana

"A maior felicidade é quando a pessoa sabe porque é que é infeliz."

    Fiódor Dostoiévski