Sobre o Autor

Lao-Tsé

Lao-Tsé foi um importante filósofo da China antiga. Conhecido como o autor do "Tao Te Ching", a obra basilar da filosofia taoísta.

Aquele que conhece os outros é sábio. Aquele que conhece a si mesmo é iluminado. Aquele que vence os outros é forte. Aquele que vence a si mesmo é poderoso. Aquele que conhece a alegria é rico. Aquele que conserva o seu caminho tem vontade. Seja humilde, e permanecerás íntegro. Curva-te, e permanecerás ereto. Esvazia-te, e permanecerás repleto. Gasta-te, e permanecerás novo. O sábio não se exibe, e por isso brilha. O sábio não se faz notar, e por isso é notado. O sábio não se elogia, e por isso tem mérito. E, porque não está competindo, ninguém no mundo pode competir com ele.

Eis porque o sábio age pelo não-agir, e ensina sem falar. Aceita tudo que lhe acontece. Produz tudo e não fica com nada. O sábio tudo realiza - e nada considera seu. Tudo faz - e não se apega à sua obra. Não se prende aos frutos da sua atividade. Termina a sua obra, e está sempre no princípio. E por isto a sua obra prospera.

Quando você está satisfeito por ser simplesmente você mesmo e não se compara ou compete, todo mundo te respeitará.

Aqueles que conhecem os outros é sábio, aquele que conhece a si próprio é iluminado.”

Quando eu me despojo do que eu sou, eu me torno o que eu poderia ser.

És jovem durante alguns anos, mas podes ficar imaturo a vida toda. Quem conhece os outros é sabido; mas quem conhece a si mesmo é sábio.

Escuto e esqueço; vejo e recordo; faço e entendo.

Uma longa caminhada começa com o primeiro passo.

Não procure a felicidade tão ávidamente, e não tenha medo da infelicidade.

O tempo é uma coisa criada. Dizer Eu não tenho tempo, é o mesmo que dizer, Eu não quero.

Deixai quieta a água lamacenta, e ela por si só se tornará trasparente.

“Para alcançar o conhecimento, acrescente coisas todos os dias. Para alcançar a sabedoria, remova coisas todos os dias.”

A maneira de fazer é sendo.

Ser profundamente amado por alguém nos dá força. Amar alguém profundamente nos dá coragem. *Eis-me aqui: Forte e corajosa

Quando as pessoas abandonam sua natureza essencial para seguir seus desejos, suas ações nunca são corretas.

Aquilo que ouço, esqueço; aquilo que vejo, lembro e aquilo que faço, entendo.

Aquele que souber adaptar-se será preservado até o fim.

Uma viagem de mil milhas começa com um único passo.

Ser profundamente amado por alguém nos dá força; amar alguém profundamente nos dá coragem. O que dá valor a uma xícara de barro é o espaço vazio que há entre suas paredes. Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão. Conhecer os outros é inteligência, conhecer-se a si próprio é verdadeira sabedoria. Controlar os outros é força, controlar-se a si próprio é verdadeiro poder. Para ganhar conhecimento, adicione coisas todos os dias. Para ganhar sabedoria, elimine coisas todos os dias. A bondade em palavras cria confiança; a bondade em pensamento cria profundidade; a bondade em dádiva cria amor. Uma longa viagem de mil milhas inicia-se com o movimento de um pé. A alma não tem segredo que o comportamento não revele. A maneira de fazer é sendo. Reaja inteligentemente mesmo a um tratamento não inteligente. O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos. defesa. É fácil apagar as pegadas, difícil é caminhar sem pisar no chão. Ser amado profundamente por alguém te dá força; amar alguém profundamente te dá coragem. Grandes realizações são possíveis quando se dá importância aos pequenos começos. Neste mundo, nada é mais maleável e frágil quanto a água. Contudo, ninguém, por mais poderoso que seja, resiste à sua ação (corrosão, desgaste, choque de ondas), ou pode viver sem ela. Não é bastante claro que a flexibilidade é mais eficaz que a rigidez? Poucos agem de acordo com essa convicção. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina! Quem conhece os outros é um sábio. Quem conhece a si mesmo é um iluminado. Quem é realmente hábil na comunicação com os outros é de modo geral uma pessoa humilde e tranqüila. A isso se chama a virtude da não resistência. A isto se chama estar em harmonia com o céu. Aquele que souber adaptar-se será preservado até o fim.

A Sabedoria da Não-Violência A vida verdadeira é como a água: Em silêncio se adapta ao nível inferior Que os homens desprezam. Não se opõe a nada, Serve a tudo. Não exige nada, Porque sua origem é da fonte imortal. O homem realizado não tem desejos de dentro, Nem tem exigências de fora. Ele é prestativo em se dar E sincero em falar, Suave no conduzir, Poderoso no agir. Age com serenidade. Por isto é incontaminável.

Só temos consciência do belo, Quando conhecemos o feio. Só temos consciência do bom, Quando conhecemos o mau. Porquanto, o Ser e o Existir, Se engendram mutuamente. O fácil e o difícil se completam. O grande e o pequeno são complementares. O alto e o baixo formam um todo. O som e o silêncio formam a harmonia. O passado e o futuro geram o tempo. Eis porque o sábio age, Pelo não-agir. E ensina sem falar. Aceita tudo que lhe acontece. Produz tudo e não fica com nada. O sábio tudo realiza - e nada considera seu. Tudo faz - e não se apega à sua obra. Não se prende aos frutos da sua atividade. Termina a sua obra, E está sempre no princípio. E por isso a sua obra prospera.

Neste mundo, nada é mais maleável e frágil quanto a água. Contudo, ninguém, por mais poderoso que seja, resiste à sua ação (corrosão, desgaste, choque de ondas), ou pode viver sem ela. Não é bastante claro que a flexibilidade é mais eficaz que a rigidez? Poucos agem de acordo com essa convicção

Aquele que controla os outros pode ser forte, mas aquele que se domina é ainda mais poderoso.

Os instantes mais dolorosos de nossa vida são aqueles que nos revelam à nós mesmos.

Nenhuma certeza fatal é pior que a dúvida ameaçadora.

O homem que sabe não fala; o homem que fala não sabe.

“Quando ingressa na vida, o homem é tenro e fraco; quando morrem, são secos e duros. Por isso os duros e fortes São companheiros da morte, E os tenros e frágeis São companheiros da vida.”

Sempre tive pena mim mesmo, porque não tinha sapatos até um dia que encontrei um homem que não tinha pés.

Saber e não fazer, ainda não é saber

A atividade vence o frio. A quietude vence o calor.