Sobre o Autor

Johann Goethe

Johann Wolfgang von Goethe (28 de Agosto de 1749 em Frankfurt am Main – 22 de Março de 1832 em Weimar). Escritor, cientista e filósofo alemão.

Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida.

O comportamento é um espelho em que cada um vê a sua própria imagem.

Feliz aquele que reconhece a tempo que os seus desejos não estão de acordo com as suas faculdades.

O mais belo estado da vida é a dependência livre e voluntária: e como seria ela possível sem amor?

Como é fecunda a mais pequena propriedade, quando se sabe cultivá-la bem.

Quem não beija é como um morto.

O tempo rende muito quando é bem aproveitado.

A claridade é uma justa repartição de sombras e de luz.

As pessoas felizes não acreditam em milagres.

Quem faz com alegria e se alegra com o efectuado é feliz.

Só a arte permite a realização de tudo o que na realidade a vida recusa ao homem.

Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és. Saiba eu com que te ocupas e saberei também no que te poderás tornar.

A multidão não pode ficar sem homens valentes, e os valentes são sempre um peso para ela.

Se estamos no alto, Deus é tudo. Se estamos em baixo, Deus é uma compensação para a nossa miséria.

Somente aquele que foi o mais sensível pode tornar-se o mais frio e o mais duro, para se defender do mais pequeno golpe - e esta própria couraça lhe pesa muitas vezes.

Todos os pensamentos inteligentes já foram pensados; é preciso apenas tentar repensá-los.

Não basta saber, é preciso também aplicar; não basta querer, é preciso também fazer.

Prefiro uma injustiça a uma desordem.

A ingratidão é sempre uma forma de fraqueza. Nunca vi homens hábeis serem ingratos.

O homem não é só o inato mas também o adquirido.

Tudo no mundo pode durar sempre, excepto o sucesso contínuo.

O homem que sabe reconhecer os limites da sua própria inteligência está mais perto da perfeição.

Quem supera, vence.

São precisamente os erros dos homens que os tornam amáveis.

Para mim, o maior dos suplícios seria estar sozinho no Paraíso.

Dê-me o benefício das suas convicções, se as tiver, mas guarde para si as dúvidas. Bastam-me as que tenho.

No mundo há muitas palavras mas poucos ecos.

A alegria não está nas coisas, está em nós.

Sou velho de mais para censurar, mas suficientemente jovem para agir.

Legisladores ou revolucionários que prometem simultaneamente a igualdade e a liberdade são sonhadores ou charlatães.