"É preciso julgar-se amado para julgar-se infiel."

Jean Racine


Jean Racine (22 de dezembro de 1639 – 21 de bril de 1699), dramaturgo francês.

Comentários