Jean Racine (22 de dezembro de 1639 – 21 de bril de 1699), dramaturgo francês.

Jean Racine (22 de dezembro de 1639 – 21 de bril de 1699), dramaturgo francês.

Frases e Pensamentos

27 frases no total. Página 1/1, de 1-27

    "Um coração nobre não pode suspeitar que haja nos outros a baixeza e a malignidade que não existe nele."

        Jean Racine

    "Um benefício jogado em cara é sempre considerado uma ofensa."

        Jean Racine

    "A honra fala, isso basta: eis os nossos oráculos."

        Jean Racine

    "Quem deseja ir longe poupa a montada."

        Jean Racine

    "Não há segredos que o tempo não revele."

        Jean Racine

    "Criado no serralho, conheço-lhe os meandros."

        Jean Racine

    "Temê-lo-ei em breve, quando ele já não me temer."

        Jean Racine

    "Cansado de se fazer amar, quer-se lazer temer."

        Jean Racine

    "O povo gosta dos reis que o sabem poupar - ama ainda mais os que sabem reinar."

        Jean Racine

    "Quanto mais gosto de quem ofende, mais sinto a ofensa."

        Jean Racine

    "Bela, sem enfeites. De uma beleza que acaba de se arrancar ao sono."

        Jean Racine

    "É preciso julgar-se amado para julgar-se infiel."

        Jean Racine

    "O covarde teme a morte, e isso é tudo o que teme."

        Jean Racine

    "Beijo o meu rival, mas é para o sufocar."

        Jean Racine

    "Obrigam-se também, a dizer palavras compridíssimas, tão longas como daqui a Pontoise."

        Jean Racine

    "Sem dinheiro, a honra é uma doença."

        Jean Racine

    "A fé que não age será uma fé sincera."

        Jean Racine

    "Temo os vossos silêncios, não as vossas injúrias."

        Jean Racine

    "Malograria a minha vingança tornando-a tão rápida."

        Jean Racine

    "A dor que se cala é de todas a mais funesta."

        Jean Racine

    "Aníbal predisse-o, acreditemos nesse grande homem: Nunca se vencerão os Romanos senão dentro de Roma."

        Jean Racine

    "Os mais infelizes são os que menos ousam chorar."

        Jean Racine

    "Quão facilmente o amor acredita em tudo o que deseja!"

        Jean Racine

    "O vício, tal como a virtude, cresce em passos pequenos."

        Jean Racine

    "Entrego-me cegamente ao impulso que me arrasta."

        Jean Racine

    "Ela flutua, ela hesita: em suma, ela é mulher."

        Jean Racine

    "A minha única esperança está no meu desespero."

        Jean Racine

"Onde não puderes amar, não te demores..."

    Augusto Branco

"As coisas muito claras me noturnam."

    Manoel de Barros

"Eu não desisti...apenas não insisto mais."

    Cazuza

"Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho."

    Carlos Drummond de Andrade

"O sexo é o alívio da tensão. O amor é a causa"

    Woody Allen

"Os mentirosos estão sempre prontos a jurar."

    Vittorio Alfieri

"Todo o homem é culpado do bem que não fez."

    Voltaire

"Soltar os demônios pode ser muito educativo em certas ocasiões."

    Deepak Chopra

"A maior felicidade é quando a pessoa sabe porque é que é infeliz."

    Fiódor Dostoiévski

"Vento

Pastor das nuvens."

    Mario Quintana