Livros de Friedrich Nietzsche

Sobre o Autor

Friedrich Nietzsche

Filósofo alemão do século XIX, nascido em Röcken, Alemanha.

Melhores Livros de Friedrich Nietzsche

O tique-taque de seu coração marca o tempo que se esvai.

E o homem, em seu orgulho, criou Deus, a sua imagem e semelhança.

Perto do Sol há incontáveis corpos escuros a serem deduzidos_tais que nunca chegaremos a ver.

A melhor cura para o amor é ainda aquele remédio eterno: amor retribuído.

Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida. - ninguém, exceto tu, só tu. Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias. Existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar. Onde leva? Não perguntes, segue-o!

Sei a minha sina. Um dia meu nome será lembrança de algo terrível. De uma crise como jamais houve sobre a Terra. Da mais profunda colisão de consciências. De uma decisão conjurada contra tudo que até então foi acreditado, santificado, requerido. Não sou um ser humano, sou uma dinamite, na transvaloração de todos os valores. Eis a minha fórmula para um ato de suprema octognose da humanidade que em mim se fez gene e carne...

Um outro sinal distintivo dos teólogos é a sua incapacidade filológica. Entendo aqui por filologia (...) a arte de bem ler – de saber distinguir os factos, sem estar a falseá-los por interpretações, sem perder, no desejo de compreender, a precaução, a paciência e a finesse.(O Anticristo).

A exigência de ser amado é a maior das pretensões.

“Eu jamais iria para a fogueira por uma opinião minha, afinal, não tenho certeza alguma. Porém, eu iria pelo direito de ter e mudar de opinião, quantas vezes eu quisesse.”

E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a musica.

Abençoados sejam os esquecidos, pois tiram maior proveito dos equívocos.

Para ver muita coisa é preciso despregar os olhos de si mesmo

Falta de amigos - A falta de amigos faz pensar em inveja ou presunção. Há pessoas que devem seus amigos à feliz circunstância de não ter motivo para a inveja

Faltam as circunstâncias. - Muitas pessoas esperam a vida inteira pela oportunidade de serem boas à sua maneira

Aquilo que não me mata, só me fortalece

Não há nada que deprima mais o ser humano (mais depressa) do que a paixão do ressentimento.

E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música.

Um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos.

Se minhas loucuras tivessem explicações, não seriam loucuras.

Aquilo que não me destrói fortalece-me

Há homens que já nascem póstumos.

A fé é ignorar tudo aquilo que é verdade.

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade.

Você vive hoje uma vida que gostaria de viver por toda a eternidade?

O gosto de minha morte na boca deu-me perspectiva e coragem. O importante é a coragem de ser eu mesmo.

Toda a arte e toda a filosofia podem ser consideradas como remédios da vida, ajudantes do seu crescimento ou bálsamo dos combates: postulam sempre sofrimento e sofredores.

Os leitores extraem dos livros,consoante o seu carácter,a exemplo da abelha ou da aranha que,do suco das flores retiram,uma o mel,a outra o seu veneno.

Existo, logo penso.

E se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti.

Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você.