François Mauriac foi um escritor francês, laureado com o Prêmio Nobel de Literatura no ano de 1952. François também ficou conhecido por seu trabalho em revistas e jornais franceses.

François Mauriac foi um escritor francês, laureado com o Prêmio Nobel de Literatura no ano de 1952. François também ficou conhecido por seu trabalho em revistas e jornais franceses.

Frases e Pensamentos

20 frases no total. Página 1/1, de 1-20

    "Não sinto o menor desejo de brincar num mundo em que todos fazem batota."

        François Mauriac

    "Escrever é lembrar-se. Mas ler é também lembrar-se."

        François Mauriac

    "Só conhecemos bem aquilo de que somos despojados."

        François Mauriac

    "Experimentar tudo, não por prazer, mas para se não preocuparem mais com isso, eis o método utilizado por alguns cristãos que pretendem curar-se da ambição."

        François Mauriac

    "A experiência nunca volta para nós a face que estamos à espera."

        François Mauriac

    "O silêncio não existe; viver é mantermo-nos no centro de um fluxo que só a morte interromperá."

        François Mauriac

    "É preciso dar o nome do amor a todos os sentimentos ternos que temos. Mas nunca saberemos se é mesmo ele."

        François Mauriac

    "Tenho dificuldade em acreditar na inocência das pessoas que viajam sozinhas."

        François Mauriac

    "A melhor coisa que podemos esperar dos homens é o esquecimento."

        François Mauriac

    "Paciência dos pobres, quem te conseguirá esgotar algum dia?."

        François Mauriac

    "O artista é mentiroso, mas a arte é verdade!"

        François Mauriac

    "Qualquer um sabe proferir palavras enganadoras; as mentiras do corpo exigem outra ciência."

        François Mauriac

    "Um escritor é essencialmente um homem que não se resigna à solidão. Cada um de nós é um deserto."

        François Mauriac

    "«Diz-me o que lês e eu dir-te-ei quem és» é verdade; mas conhecer-te-ia melhor se me dissesses o que relês."

        François Mauriac

    "Morte, a única das minhas aventuras que não comentarei...."

        François Mauriac

    "De nada serve ao homem conquistar a Lua se acaba por perder a Terra."

        François Mauriac

    "Unir a extrema audácia ao extremo pudor é uma questão de estilo."

        François Mauriac

    "Separar a liberdade da justiça significa separar a cultura e o trabalho, o que constitui o pecado social por excelência."

        François Mauriac

    "O desejo transforma o ser de que nos aproximamos num monstro que não se parece com ele."

        François Mauriac

    "O romancista é, de todos os homens, aquele que mais se parece com Deus: ele é o imitador de Deus."

        François Mauriac

Biografia


François Mauriac (1885 — 1970) foi um escritor francês, laureado com o Prêmio Nobel de Literatura no ano de 1952. François também ficou conhecido por seu trabalho em revistas e jornais franceses.

Suas obras têm uma grande influência da religião católica, uma vez que François Mauriac teve uma formação católica desde cedo. Sua carreira iniciou com livro de poemas, logo depois foi para biografias, revistas e jornais.

François Mauriac era também muito conhecido por suas obras críticas, principalmente uma sobre a pena de morte, em que atestava o quanto era contra esse método e criou até uma petição para acabar com a pena de morte na França, após a Segunda Guerra Mundial.

"Onde não puderes amar, não te demores..."

    Augusto Branco

"Eu não desisti...apenas não insisto mais."

    Cazuza

"As coisas muito claras me noturnam."

    Manoel de Barros

"Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho."

    Carlos Drummond de Andrade

"Os mentirosos estão sempre prontos a jurar."

    Vittorio Alfieri

"Soltar os demônios pode ser muito educativo em certas ocasiões."

    Deepak Chopra

"O sexo é o alívio da tensão. O amor é a causa"

    Woody Allen

"Todo o homem é culpado do bem que não fez."

    Voltaire

"A maior felicidade é quando a pessoa sabe porque é que é infeliz."

    Fiódor Dostoiévski

"Vento

Pastor das nuvens."

    Mario Quintana