Sobre o Autor

Edmund Burke

Edmund Burke (12 de janeiro de 1729 - 9 de julho de 1797) era um estadista, um escritor, um autor, um orator e um filósofo político, que serviu por muitos anos em terras comuns britânicas como um membro do partido Whig. É recordado principalmente para su

Os que têm muito a esperar e nada a perder serão sempre perigosos.

Nenhuma paixão pode, como o medo, tão efectivamente roubar o espírito da capacidade de agir e pensar.

É bem conhecido que a ambição tanto pode rastejar como voar.

No meio de um povo geralmente corrupto a liberdade não pode durar muito.

As pessoas não serão capazes de olhar para a posteridade, se não tiverem em consideração a experiência dos seus antepassados.

A lei tem dois e apenas dois fundamentos: a equidade e a utilidade.

Inovar não é reformar.

Todos os opressores... atribuem a frustração dos seus desejos à falta de rigor suficiente. Por isso eles redobram os esforços da sua impotente crueldade.

Para que o mal triunfe basta que os bons fiquem de braços cruzados.

Não há conhecimento que não tenha valor.

A nossa pátria, para fazer-se amar, deve ser amável.

O costume reconcilia-nos com tudo.

É um erro popular muito comum acreditar que aqueles que fazem mais barulho a lamentarem-se a favor do público sejam os mais preocupados com o seu bem-estar..

Para o triunfo do mal só é preciso que os bons homens não façam nada.

Ninguém comete erro maior do que não fazer nada porque só pode fazer um pouco.

Não se pode planejar o futuro pelo passado.