Clarice Lispector (1920 - 1977), escritora brasileira de origem judia nascida na Ucrânia

Clarice Lispector (1920 - 1977), escritora brasileira de origem judia nascida na Ucrânia

Frases e Pensamentos

1645 frases no total. Página 1/55, de 1-30

    "Eu sou assim. Tenho um milhão de defeitos. Sou volúvel. Sou viciada em gente. Adoro ficar sozinha. Mas eu vivo para sentir. Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije a boca. Me desafie . Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso! Mas, pelo amor de Deus, me faça sentir! Um beliscãozinho que for, me dê. Eu quero rir até a barriga doer. Chorar,Este é o meu alimento: palavras para uma alma com fome. Você agüentaria viver na montanha-russa que é meu coração? Desculpa, nada é pouco quando o mundo é meu."

        Clarice Lispector

    "Hoje uma conversa me fez parar e olhar para mim. Uma guerreira sonhadora que estava adormecida dentro de mim, resolver dar uns gritos. Sabe aquele tenso momento que o seu eu começa a conversar com você? E você pensa assim: Pronto, endoidei!, sabe?
    Então, essa garota disse algumas coisas bacanas que eu querida dividir com vocês, vai que ela esteja tentando falar com você também, mas você não consegue ouvir...
    Ela disse assim:
    Ei menina, se olha no espelho, para um pouquinho e lembra do ultima cara que você beijou , aquele gato, loiro dos olhos de mar, que te olhava nos olhos e não se cansava de te beijar. Lembra das coisas picantes que ele falou no seu ouvido enquanto você gemia de prazer? E daí que ele não era o seu grande amor? Foda-se esse amor, sinceramente amor não combina com dor, esquece esse cara que não reconhece o seu valor. Tá
    bem, não da pra esquecer? Então não esquece, mas volte a viver. Você é linda, lembra dos suspiros no elevador? E aquele seu professor, fala serio, ele é muito mais lindo e sarado que esse seu amor, e boba, ele é louco por você! Você é especial, não deixe nada nem ninguém te fazer esquecer disso. Tem gente que não vive sem o seu sorriso, fica perto de quem te faz bem, te quer bem, te quer de verdade, quer só sacanagem, mas deseja você, é só separar, não deixar se envolver se sentir que vai sofrer.
    Esquece as magoas, não se deixe abater. Não é você quem diz que o que não mata fortalece, e o que não é benção é livramento? Então, passa um batom, coloca aquela sua roupa linda, vá ver os amigos, eles adoram você. E quando as lembranças tristes, das feridas, dos amores perdidos, das alianças quebradas, daquilo que não te fizeram sofrer, lembre-se: Triste deve ser a vida, de quem perdeu você!"

        Clarice Lispector

    "Não te amo mais.
    Estarei mentindo dizendo que:
    Ainda te quero como sempre quis.
    Tenho certeza que,
    Nada foi em vão.
    Sinto dentro de mim que:
    Você não significa nada.
    Não poderia dizer jamais que:
    Alimento um grande amor.
    Sinto cada vez mais que
    Já te esqueci!
    E jamais usarei a frase
    Eu te amo!
    Sinto, mas tenho que dizer a verdade
    É tarde demais...



    Obs.: Agora leia as frases de baixo para cima."

        Clarice Lispector

    "Sou apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer.
    Acho que devemos fazer coisa proibida – senão sufocamos.
    Mas sem sentimento de culpa e sim como aviso de que somos livres.
    Te­nho que ter paciência para não me perder dentro de mim: vivo me perdendo de vista. Preciso de paciência porque sou vários caminhos, inclusive o fatal beco-sem-saída."

        Clarice Lispector

    "#10077;Confie na minha transparência. Sou eternamente explícita. Se não gosto, não faço charme. Doa a quem doer, minha sinceridade e bem-estar são colocados em primeiro lugar, não nego.#10078;"

        Clarice Lispector

    "Ela é assim! Pronto.
    Mas assim como? Explica!
    Ela é assim um mix de tudo que se possa imaginar dentro de uma grande capacidade de apenas não ser nada em definitivo. Ela é aquilo que não consegue se encaixar em moldes pré-existentes, parece que ninguém nunca foi antes dela. Ela se incomoda com isso, às vezes, muito.
    Ela é cheia de sentimentos, parece que suas experiências se manifestam é no dorso do seu colo, e quase sempre, de vez em quando, tudo isso pesa. Mas não tem modo, não existe maneira que a faça ser diferente. E ainda, graças a Deus, ela é diferente. Algo que pesa e que tem o dom da leveza, algo que chora e que se manifesta em sorrisos, algo de forte, mas que se desmancha quando encontra a água."

        Clarice Lispector

    "Não me prendo a nada que me defina. Sou companhia, mas posso ser solidão; tranquilidade e inconstância; pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer...
    Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca, ou não toca."

        Clarice Lispector

    "Essa conversa de que a pessoa só da valor quando perde não é verdadeira. Cada um sabe extamente o que tem ao seu lado. O problema é ninguém acredita que um dia vai perder."

        Clarice Lispector

    "Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono! Música alta e silêncio"

        Clarice Lispector

    "Dizem que a vida é para quem sabe viver, mas ninguém nasce pronto. A vida é para quem é corajoso o suficiente para se arriscar e humilde o bastante para aprender."

        Clarice Lispector

    "Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e, portanto estar tranqüilo."

        Clarice Lispector

    "Perdi o foco, não o objetivo."

        Clarice Lispector

    "Sou como você me vê,
    posso ser leve como uma brisa,
    ou forte como uma ventania,
    depende de quando,
    e como você me vê passar..."

        Clarice Lispector

    "Algumas oportunidades não voltam só porque você se arrependeu."

        Clarice Lispector

    "Nada que é certo me encanta"

        Clarice Lispector

    "Às vezes escrever uma só linha basta para salvar o próprio coração."

        Clarice Lispector

    "“Eu aprendi que quando as pessoas realmente gostam de você, elas voltam.”"

        Clarice Lispector

    "Se ela fosse mais inteligente poderia apagar o passado com palavras novas."

        Clarice Lispector

    "Sempre para adiante sem jamais sair de si mesmo."

        Clarice Lispector

    "Perdi alguma coisa que me era essencial, e que já não me é mais."

        Clarice Lispector

    "Vou fazer um pedido para vocês: todas as vezes que vocês se sentirem solitarios, isto é, sozinhos, procurem uma pessoa para conversar. Escolham uma pessoa grande que seja muito boa para crianças e que entenda que as vezes um menino ou uma menina estao sofrendo."

        Clarice Lispector

    "Mesmo para os descrentes há a pergunta duvidosa: e depois da morte? Mesmo para os descrentes há o instante de desespero: que Deus me ajude. Neste mesmo instante estou pedindo que Deus me ajude. Estou precisando. Precisando mais do que a força humana. E estou precisando de minha própria força."

        Clarice Lispector

    "Vou pôr um anúncio em negrito:
    precisa-se de alguém homem ou mulher que ajude uma pessoa a ficar contente
    porque esta está tão contente que não pode ficar sozinha com a alegria e precisa reparti-la.
    Paga-se extraordinariamente bem:
    minuto por minuto paga-se com a própria alegria.
    ..."

        Clarice Lispector

    "Agora de uma coisa eu tenho certeza: sempre devemos ser autênticos, as pessoas precisam nos aceitar pelo que somos e não pelo que parecemos ser... Aqui reside o eterno conflito da aparência x essência. E você... O que pensa disso?"

        Clarice Lispector

    "Há uma hora em que se deve esquecer a própria compreensão humana e tomar um partido, mesmo errado, pela vítima, e um partido, mesmo errado, contra o inimigo. E tornar-se primário a ponto de dividir as pessoas em boas e más. A hora da sobrevivência é aquela em que a crueldade de quem é vítima é permitida, a crueldade e a revolta."

        Clarice Lispector

    "Para ela a realidade era demais para ser acreditada."

        Clarice Lispector

    "É necessário certo grau de cegueira para poder enxergar determinadas coisas."

        Clarice Lispector

    "Te vi amanhã e já estou com saudades.."

        Clarice Lispector

    "Eu quero o pensar-sentir hoje e, não, tê-lo apenas tido ontem ou ir tê-lo amanhã. Tenho certa pressa em sentir tudo."

        Clarice Lispector

    "Só uma coisa a favor de mim eu posso dizer: nunca feri de propósito. E também me dói quando percebo que feri."

        Clarice Lispector

Biografia


Clarice Lispector (Tchetchelnik Ucrânia 1925 - Rio de Janeiro RJ 1977) passou a infância em Recife e em 1937 mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se formou em direito. Estreou na literatura ainda muito jovem com o romance Perto do Coração Selvagem (1943), que teve calorosa acolhida da crítica e recebeu o Prêmio Graça Aranha.

Em 1944, recém-casada com um diplomata, viajou para Nápoles, onde serviu num hospital durante os últimos meses da Segunda Guerra. Depois de uma longa estada na Suíça e Estados Unidos, voltou a morar no Rio de Janeiro. Entre suas obras mais importantes estão as reuniões de contos A Legião Estrangeira (1964) e Laços de Família (1972) e os romances A Paixão Segundo G.H. (1964) e A Hora da Estrela (1977).

Clarice Lispector começou a colaborar na imprensa em 1942 e, ao longo de toda a vida, nunca se desvinculou totalmente do jornalismo. Trabalhou na Agência Nacional e nos jornais A Noite e Diário da Noite. Foi colunista do Correio da Manhã e realizou diversas entrevistas para a revista Manchete. A autora também foi cronista do Jornal do Brasil. Produzidos entre 1967 e 1973, esses textos estão reunidos no volume A Descoberta do Mundo.

Escreve a crítica francesa Hélène Cixous: "Se Kafka fosse mulher. Se Rilke fosse uma brasileira judia nascida na Ucrânia. Se Rimbaud tivesse sido mãe, se tivesse chegado aos cinqüenta. (...). É nessa ambiência que Clarice Lispector escreve. Lá onde respiram as obras mais exigentes, ela avança. Lá, mais à frente, onde o filósofo perde fôlego, ela continua, mais longe ainda, mais longe do que todo o saber".

"Onde não puderes amar, não te demores..."

    Augusto Branco

"Eu não desisti...apenas não insisto mais."

    Cazuza

"As coisas muito claras me noturnam."

    Manoel de Barros

"Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho."

    Carlos Drummond de Andrade

"Os mentirosos estão sempre prontos a jurar."

    Vittorio Alfieri

"Soltar os demônios pode ser muito educativo em certas ocasiões."

    Deepak Chopra

"O sexo é o alívio da tensão. O amor é a causa"

    Woody Allen

"Todo o homem é culpado do bem que não fez."

    Voltaire

"A maior felicidade é quando a pessoa sabe porque é que é infeliz."

    Fiódor Dostoiévski

"Vento

Pastor das nuvens."

    Mario Quintana