"- Houve uma mudança de planos e eu me sinto incrivelmente leve e feliz. Existe tanta coisa mais importante nessa vida do que sofrer por amor. - E eu acredito no mecanismo do infinito, fazendo com que tudo aconteça na hora exata. - Você é um idiota. E mesmo assim é em você que eu penso, é de você que eu gosto e é pra você que eu volto. - Há sempre uma pessoa na sua vida, a qual, não importa o que ela faça com você, você apenas não pode deixá-la ir. - Não sinto raiva, não sinto nada. Sinto saudade, de vez em quando. Quando penso que podia ter sido diferente. - O dia de amanhã cuidará do dia de amanhã e tudo chegará no tempo exato. - Não tenha medo da mudança. Coisas boas se vão para que melhores possam vir. - Estou fazendo a minha parte: te esperar. Faça a sua: chegue! - O que vale a pena possuir, vale a pena esperar. - Mas tô ótimo, voltei até a usar reticências e pontos de exclamação. - Hoje eu queria estar só. Mas não sozinho. Só contigo. - Fora de mim é a calmaria, dentro a tempestade. - Não é de repente, é aos pouquinhos que as coisas acontecem. - Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. - As pessoas, de muitas maneiras estranhas, tortuosas, piradas, no final das contas só querem amar e ser felizes. - Em cada noite descobrir um motivo razoável para acordar amanhã."

Caio Fernando de Abreu


Caio Fernando Loureiro de Abreu (1948 - 1996) foi um jornalista e escritor brasileiro.

Comentários