"[...] Não refreie as lágrimas; chore tantas vezes quantas desejar, mas não lamente desesperadamente sua perda. Ao contrário, honre-o vivendo com maturidade. [...] Não tenha medo do caminho, tenha medo de não caminhar."

Augusto Cury


Augusto Jorge Cury (1958), psiquiatra e escritor brasileiro.

Comentários