Sobre o Autor

Aristóteles

Influente filósofo grego, discípulo de Platão. Dedicou sua vida ao desenvolvimento de conceitos fundamentais de ética, lógica, política, e outros, que são usados até hoje.

Que ninguém culpe um homem por ser feio.

Como comportar-se com os amigos? Como gostaríamos que se comportassem conosco.

Interrogado sobre o que seria um amigo, disse: uma alma solitária que vive em dois corpos.

Qualquer um pode zangar-se - isso é facil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneira certa - não é facil.

Só há um princípio motor: a faculdade de desejar.

O tempo consome as coisas, e tudo envelhece com o tempo.

Felicidade é ter algo o que fazer, ter algo que amar e algo que esperar...

O objetivo da guerra é a Paz.

A felicidade consiste em ações perfeitamente conformes à virtude, e entendemos por virtude não a virtude relativa, mas a virtude absoluta. Entendemos por virtude relativa a que diz respeito às coisas necessárias e por virtude absoluta a que tem por finalidade a beleza e a honestidade.

Sê senhor da tua vontade e escravo da tua consciência.

Qualquer pessoa pode encolerizar-se. É fácil. Mas encolerizar-se com a pessoa certa, no grau certo, no momento certo, pela razão certa e da forma certa - isso não é fácil.

A amizade é uma alma com dois corpos.

Quanto à virtude, não basta conhecê-la, devemos tentar também possuí-la e colocá-la em prática.

Não há nada que envelheça mais depressa do que um benefício.

Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade.

O egoísmo não é amor por nós próprios, mas uma desvairada paixão por nós próprios.

O homem prudente não diz tudo quanto pensa, mas pensa tudo quanto diz.

A dúvida é o principio da sabedoria.

O sábio procura a ausência de dor, e não o prazer.

A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.

O livro é um animal vivo.

Toda a coisa necessária é por natureza aborrecida.

Tendo em conta as condições de que dispõe e na medida do possível, é a natureza que faz sempre as coisas mais belas e melhores.

Quem encontra prazer na solidão, ou é fera selvagem ou é Deus.

A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces.

Nunca existiu uma grande inteligência sem uma veia de loucura.

O sábio procura a ausência de dor e não o prazer.

Em todas as coisas da natureza existe algo de maravilhoso.

O objecto principal da política é criar a amizade entre membros da cidade.

A felicidade e a saúde são incompatíveis com a ociosidade.