Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry filho do conde e condessa de Foscolombe (29 de junho de 1900, Lyon - 31 de julho de 1944) foi escritor, ilustrador e piloto da Segunda Guerra Mundial.

Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry filho do conde e condessa de Foscolombe (29 de junho de 1900, Lyon - 31 de julho de 1944) foi escritor, ilustrador e piloto da Segunda Guerra Mundial.

Frases e Pensamentos

165 frases no total. Página 1/6, de 1-30

    "Mostrei minha obra prima às pessoas grandes e perguntei se o meu desenho lhes dava medo. Responderam-me Por que um chapéu daria medo? Meu desenho não representava um chapéu. Representava uma jibóia digerindo um elefante. Desenhei então o interior da jibóia, a fim de que as pessoas grandes pudessem entender melhor. Elas têm sempre necessidade de explicações detalhadas."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "É loucura odiar TODAS as ROSAS porque UMA te espetou.
    Entregar TODOS os teus SONHOS porque UM deles não se realizou, perder a FÉ em TODAS as ORAÇÕES porque em UMA não foi atendido, desistir de TODOS os ESFORÇOS porque UM deles fracassou.
    É loucura condenar TODAS as AMIZADES porque UMA te traiu, descrer de TODO AMOR porque UM deles te foi infiel.
    É loucura jogar fora TODAS as CHANCES de SER FELIZ porque UMA tentativa não deu certo.
    Espero que na tua CAMINHADA não cometas estas loucuras. Lembrando que sempre HÁ UMA OUTRA CHANCE, UMA OUTRA AMIZADE, UM OUTRO AMOR, UMA NOVA FORÇA.
    PARA TODO FIM UM RECOMEÇO"

        Antoine de Saint-Exupéry

    " E foi então que apareceu a raposa:
    - Bom dia, disse a raposa.
    - Bom dia, respondeu polidamente o principezinho que se voltou mas não viu nada.
    - Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira...
    - Quem és tu? - perguntou o principezinho. Tu és bem bonita.
    - Sou uma raposa - disse a raposa.
    - Vem brincar comigo - propôs o príncipe.Estou tão triste...
    - Eu não posso brincar contigo - disse a raposa. Não me cativaram ainda.
    - Ah! Desculpa - disse o principezinho.
    Após uma reflexão, acrescentou:
    - O que quer dizer cativar ?
    - Tu não és daqui - disse a raposa. Que procuras?
    - Procuro amigos - disse. Que quer dizer cativar?
    - É uma coisa muito esquecida - disse a raposa. Significa criar laços...
    - Criar laços?
    - Exatamente - disse a raposa.Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo... Mas a raposa voltou a sua idéia:
    -Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música. E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo...
    A raposa então calou-se e considerou muito tempo o príncipe:
    - Por favor, cativa-me! disse ela.
    - Bem quisera disse o príncipe, mas eu não tenho tempo. Tenho amigos a descobrir e mundos a conhecer.
    - A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não tem tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres uma amiga, cativa-me!
    - Os homens esqueceram a verdade, disse a raposa. Mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "_Tu julgarás a ti mesmo - respondeu-lhe o rei. - É o mais difícil. É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegue fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio. É preciso exigir de cada um o que cada um pode dar."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Caminhando só pra frente a gente não vai muito longe"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Você não se sente sozinha aqui no deserto?
    No meio da multidão também nos sentimos sozinhos."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "A autoridade se baseia na razão."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Cai no ridículo a semente que se queixa de que a terra através dela se torna salada em vez de cedro, se ela é apenas semente de salada."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Fiquei a meditar muito tempo na muralha. É em ti que a verdadeira muralha existe."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Se o escultor despreza a argila, terá de modelar o vento. Se o teu amor despreza os sinais do amor a pretexto de atingir a essência, o teu amor não passa de palavreado"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "É preciso que eu suporte duas ou três lagartas se quiser conhecer as borboletas"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Escrevo deitado e as linhas ficam tortas, como se eu tivesse bebido. Só bebi um pouco de tristeza."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Sou um pouco de todos que conheci, um pouco dos lugares que fui, um pouco das saudades que deixei e sou muito das coisas que gostei (…)"

        Antoine de Saint-Exupéry

    " – O que quer dizer cativar ?
    – É uma coisa muito esquecida … Significa criar laços . "

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "E quando estiveres consolado (a gente sempre se consola), tu ficarás contente por teres me conhecido. Tu serás sempre meu amigo. Terás vontade de rir comigo. E às vezes abrirás tua janela apenas pelo simples prazer... E teus amigos ficarão espantados de ver-te rir olhando o céu. Tu explicarás então: “Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "“Então você está confusa com seus sentimentos. Ele apareceu tão de repente na sua vida, com aquele brilho manso no olhar, com aquela meiguice na voz, sem pedir coisa alguma, meio como um Pequeno Príncipe caído de um asteróide. A princípio você nada percebeu de diferente. O susto veio quando você se lembrou das palavras da raposa, explicando ao Pequeno Príncipe o que era ficar cativo: É assim. A princípio você senta lá e eu aqui. Depois a gente vai ficando cada vez mais perto. Os passos de todos os homens me fazem entrar dentro da minha toca. Mas os seus passos me fazem sair…”"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Você é o piloto e a voz da história. Você é aquele que cria e conta as histórias para aqueles que não puderam estar presentes. Você é incapaz de ser confortado mas deseja confortar os outros. Há algo faltando em sua vida. Não esqueça que você é muito amado. Deixe seu sofrimento ser confortado."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Os contos de fadas são assim.
    Uma manhã, a agente acorda
    E diz: era só um conto de fadas...
    E a gente sorri de si mesma.
    Mas,no fundo,não estamos sorrindo.
    sabemos muito bem que os contos de fadas
    São a única verdade da vida."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Claro que te farei mal. Claro que me farás mal. Claro que podemos, mas essa é a condição da existência. Receber a Primavera significa correr os riscos do Inverno. Se desistir agora será correr o risco do desaparecimento. Amo-te."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu porém, terás estrelas como ninguém... Quero dizer: quando olhares o céu de noite, (porque habitarei uma delas e estarei rindo), então será como se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem sorrir! Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá). Terás vontade de rir comigo. E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto... e teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "!As pessoas tem estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Tu, porém, terás estrelas como ninguém...
    Tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo. Terás vontade de rir comigo."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Você compreende, sem alimento, depois de três dias de marcha, meu coração não devia estar batendo com muita força...
    Pois em certo momento, quando eu progredia ao longo de uma encosta vertical, cavando buracos para enfiar as mãos, o coração me caiu em pane...
    Hesitou, deu mais uma batida... Uma batida estranha... Senti que se ele hesitasse um segundo mais seria o fim.
    Fiquei imóvel, escutando...nunca - está ouvindo? - nunca, num avião, me senti tão preso ao ruído do motor como, naquele momento, às batidas do meu próprio coração.
    E eu lhe dizia: Vamos, força! Veja se bate mais... Hesitava mas depois recomeçava, sempre...
    Se você soubesse como tive orgulho do meu coração!
    (Terra dos Homens)"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Eu conheço um planeta onde há um homem vermelho, quase roxo. Nunca cheirou uma flor. Nunca olhou uma estrela. Nunca amou ninguém. Nunca fez outra coisa senão somas. E o dia todo repete como tu: Eu sou um homem sério! Eu sou um homem sério! e isso o faz inchar-se de orgulho. Mas ele não é um homem; é um cogumelo!"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Foi o tempo que voce dedicou a sua rosa, que a fez tao importante ( O Pequeno Príncipe)"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Serás para mim único no mundo e eu serei para ti única no mundo."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixa cativar."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "A verdadeira felicidade vem da alegria de atos bem feitos, do sabor de criar coisas renovadas"

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Tu não compras nem a alegria,nem a saude, nem o amor verdadeiro."

        Antoine de Saint-Exupéry

    "Se você quer construir um navio, não chame as pessoas para juntar madeira ou atribua-lhes tarefas e trabalho, mas sim ensine-os a desejar a infinita imensidão do oceano."

        Antoine de Saint-Exupéry

"As coisas muito claras me noturnam."

    Manoel de Barros

"Onde não puderes amar, não te demores..."

    Augusto Branco

"Eu não desisti...apenas não insisto mais."

    Cazuza

"Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho."

    Carlos Drummond de Andrade

"Todo o homem é culpado do bem que não fez."

    Voltaire

"Os mentirosos estão sempre prontos a jurar."

    Vittorio Alfieri

"Soltar os demônios pode ser muito educativo em certas ocasiões."

    Deepak Chopra

"O sexo é o alívio da tensão. O amor é a causa"

    Woody Allen

"Vento

Pastor das nuvens."

    Mario Quintana

"A maior felicidade é quando a pessoa sabe porque é que é infeliz."

    Fiódor Dostoiévski